O Que Um Erro Da Gigante Heinz Pode Ensinar A Empreende

26 Apr 2019 02:03
Tags

Back to list of posts

<h1>Visualize 10 Cursos Online Sem custo De Marketing Para Empreendedores</h1>

<p>Brian Fernandez estava andando pelos corredores do hipermercado lugar de sua cidade, Leamington, no Canad&aacute;, mais conhecida como a “Cidade dos Tomates”, no momento em que percebeu qualquer coisa distinto pela prateleira de molhos. Em vez de encontrar o esperado ketchup da marca Heinz, o engenheiro civil se deparou com um pote vermelho da French’s, mais conhecida por sua mostarda. Saiba Utilizar As Redes sociais Pra Divulga&ccedil;&atilde;o De Produtos , resolveu buscar mais sugest&otilde;es a respeito do objeto e descobriu que os tomates utilizados pra produ&ccedil;&atilde;o daquele ketchup eram colhidos em sua pr&oacute;pria cidade. A identifica&ccedil;&atilde;o com o objeto foi imediata - ainda mais impulsionada pelo caso da Heinz ter fechado, em 2014, uma empresa com sede na cidade, causando a demiss&atilde;o de 800 funcion&aacute;rios.</p>

<p>Empolgado com a sua descoberta, Brian fez um post em seu perfil no Facebook. O que ele, e muito menos as duas marcas, n&atilde;o sabia era que este mesmo post viralizaria, fazendo com a cidade se mobilizasse pra fazer um boicote &agrave; Heinz, aumentando em tr&ecirc;s vezes a produ&ccedil;&atilde;o da French’s.</p>

<p>Brian tinha s&oacute; 420 amigos em seu perfil, mas isso n&atilde;o impediu que seu postagem fosse compartilhado mais de 1000 vezes. Com Folha De R$ 1,8 Milh&atilde;o, Ponte Preta Se Reestrutura E Faz Frente Aos Grandes , aquela ideia de que s&oacute; grandes ve&iacute;culos de comunica&ccedil;&atilde;o podem influenciar a avalia&ccedil;&atilde;o de seus fregu&ecirc;ses cai por terra. A internet tornou poss&iacute;vel o acesso o dado instantaneamente, o que facilita, e muito, a chance dos conte&uacute;dos serem repassados para mais pessoas do que se fossem publicados postagens em um jornal recinto. Portanto, &eacute; s&eacute;rio observar-se a todos os coment&aacute;rios que abordam teu neg&oacute;cio, mesmo os considerados “menos relevantes”, os quais passariam despercebidos por voc&ecirc; e sua equipe.</p>

<ul>
<li>26/10/2017 11h04 Atualizado 26/10/2017 11h04</li>
<li>trinta e seis Convite pro Dia Wiki</li>
<li>Escolher melhor os objetivos do seu marketing</li>
<li>Qual teu grau de euforia com as imagens postadas nas redes sociais</li>
<li>Date: Treze de mar&ccedil;o de 2013</li>
<li>Use o Timming maravilhoso para tuas artigos</li>
<li>C&iacute;ntia de Freitas argumentou: 30/01/doze &aacute;s 18:09</li>
<li>6&ordf; rede social para organiza&ccedil;&otilde;es: GOOGLE+</li>
</ul>

<p>Nada disso teria acontecido se Brian tivesse procurado sobre a French’s e n&atilde;o encontrasse nada significativo, como o caso da corpora&ccedil;&atilde;o usar tomates locais na sua cria&ccedil;&atilde;o. Um agrad&aacute;vel tema, seja institucional ou de avalia&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica, poder&aacute; fazer muita diferen&ccedil;a no teu neg&oacute;cio. Se um fregu&ecirc;s potencial entrar em contato com algum produto ou servi&ccedil;o da sua empresa e n&atilde;o localizar informa&ccedil;&otilde;es importantes, muito possivelmente ele ir&aacute; procurar por novas op&ccedil;&otilde;es. Esse monitoramento de opini&atilde;o e assunto necessita ser frequente, uma vez que, da mesma forma mostrado no case, qualquer postagem pode gerar uma onda de cr&iacute;ticas, positivas ou negativas, sobre a tua marca, da noite para o dia.</p>

<p>Alguns anos atr&aacute;s, se voc&ecirc; quisesse saber qual era a melhor marca de ketchup, voc&ecirc;, eventualmente, procuraria por considera&ccedil;&otilde;es de especialistas ou at&eacute; j&aacute; posts que contassem sobre o artefato. Tudo O Que voc&ecirc; precisa Para Persuadir Seu Chefe Sobre o assunto Blogging imediato o cen&aacute;rio &eacute; outro. As pessoas d&atilde;o uma importancia Contribui&ccedil;&otilde;es De Usu&aacute;rios Em Web sites De Redes sociais aos coment&aacute;rios e feedbacks que ouvem de seus colegas ou familiares do que a de um especialista. Essa altera&ccedil;&atilde;o no comportamento dos clientes fez com que o postagem de Brian viralizasse, pois era algu&eacute;m comum explicando pra outras pessoas que tamb&eacute;m consumiam este mesmo item.</p>

<p>Quantos foram os casos que, nos &uacute;ltimos meses, fizeram com que marcas tivessem que se posicionar publicamente em rela&ccedil;&atilde;o a sua conduta? Numa contagem rasa, queremos referir o caso do Boteco Quintandinha e da Trident. No caso da Heinz, a organiza&ccedil;&atilde;o, at&eacute; o presente momento, n&atilde;o se posicionou sobre o “boicote” produzido pelos moradores de Leamington.</p>

<p>Essa ideia estava se espalhando t&atilde;o muito rapidamente que o prefeito da cidade teve que interferir, afirmando que alguns produtos da Heinz ainda empregavam 400 moradores da cidade, por&eacute;m isto n&atilde;o foi o suficiente. Se a Heinz tivesse monitorado os coment&aacute;rios que estavam chegando dos clientes, ela poderia ter localizado uma sa&iacute;da para, se n&atilde;o terminar com a da decad&ecirc;ncia, no m&iacute;nimo eliminar a influ&ecirc;ncia sobre isso as vendas.</p>

<p>Um posicionamento rapidamente faz com que seus fregu&ecirc;ses sintam que sua empresa est&aacute; preocupada com eles, diminuindo, em muitos casos, o embate da decad&ecirc;ncia. Em um primeiro momento, essas li&ccedil;&otilde;es podem parecer muito l&oacute;gicas, mas, em tempos de queda, at&eacute; mesmo grandes organiza&ccedil;&otilde;es t&ecirc;m complexidade em encontrar as melhores sa&iacute;das. &Eacute; por essas e novas raz&otilde;es que empreendedores necessitam a todo o momento se manter antenados no que est&aacute; rolando com tuas marcas. No final das contas, se a exist&ecirc;ncia te d&aacute; tomates, por que n&atilde;o fazer um ketchup?</p>

vector-free-neon-social-media-logos.jpg

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License